Ana, vai devagar! [destaque]

Quando perguntamos a Ana Milhazes como prefere ser apresentada, responde com o seu currículo:

Socióloga, formadora, activista ambiental, instrutora de Yoga, autora do blogue “Ana, Go Slowly” e do livro “Vida Lixo Zero” e fundadora do movimento Lixo Zero Portugal. Vive com a missão diária de viver mais devagar e de fazer o mínimo de lixo possível, de partilhar os desafios que enfrenta e de inspirar a mudança. Já realizou mais de 150 palestras e workshops em escolas, empresas e em vários eventos.

É mesmo dificil acreditar que Ana Milhazes vá devagar com tudo aquilo que se propõe fazer. Mas é assim mesmo. Defende o slow living e o desperdicio zero. Hoje destacamos um projecto muito diferente do habitual. Um projecto de vida! O projecto de vida de Ana Milhazes:

Ana Go Slowlyhttp://www.anagoslowly.com/

Trabalhou quase 10 anos na área das Tecnologias de Informação. A certa altura o seu corpo e mente começaram a dar sinais que precisava de ouvir…

Read more
  • 0

O último fecha a porta [destaque]

Regressam os projectos em destaque. Desta vez trazemos o blog "o último fecha a porta".

À primeira parece apenas mais um blog sobre coisas da vida, mas desengane-se. É muito redutor definir o "ultimo fecha a porta" desta forma. Ideias bem fundamentadas, redigido de forma inteligente e cativante este blog vai-se desfolhando com muito prazer. Foi enquanto passeava pelas suas páginas que encontrei os artigos de sustentabilidade. Aí tornou-se impossível não conversar um pouco com o autor e destacá-lo no Roupeiro.pt

Iniciou o blog por hobbie. Viveu algum tempo sozinho, por obrigações profissionais, e encontrou na escrita mais do que uma companhia um prazer. Não parou mais.

Escreve também sobre sustentabilidade no seu blog. Considera este tema muito importante para a nossa geração e sobretudo para o futuro.

Esse passo [no sentido da sustentabilidade] tem de ser dado por todos, coletivamente enquanto sociedade, ao nível empresarial, gover…

Read more
  • 0

Poluição: O lado negro da moda

[artigo em desenvolvimento]

A Indústria da moda é, hoje em dia, uma das maiores fontes de poluição do mundo. Segundo alguns autores é o segundo maior poluidor a seguir ao petróleo. A produção de tecidos, fibras e vestuário usados nesta indústria contribuem com diferentes formas de poluição, incluindo água, ar e sólo.

Há no entanto soluções. O primeiro passo é informar.

No ar, na água e em terra

Ao nível do ar esta indústria contribui com cerca de 10% da pegada de carbono na atmosfera. Como exemplo temos o transporte das peças de roupa, de países longinquos onde a mão de obra é mais económica.

Trata-se também do segundo maior poluidor de água doce no mundo. Os processos para tingir a roupa são também extremamente exigentes ao nível de água. A decomposição de fibras sintéticas gera microplástico que entram na cadeia alimentar humana através do consumo de pescado. As fibras naturais também não são inocentes. Requerem uma quanti…

Read more
  • 0

Roupeiro.pt é roupa velha?

Muitas vezes associamos a roupa em segunda mão a roupa velha, roupa imprestável ou de alguém que por força do destino já não precisa dela.

Este preconceito é comum e impede-nos de ter uma visão objectiva sobre o mundo da roupa.

Muita da roupa no roupeiro.pt é roupa nova ou roupa com uma só utilização. Isto acontece por diversos factos. Compras por impulso, roupa que foi utilizada numa festa, uma só vez, ou roupa que ficou esquecida no armário e deixou de servir. Em média, usamos apenas 20% da roupa que temos no armário.

Em média usamos apenas 20% da roupa que temos no Roupeiro

Há ainda um outro caso. Roupa com pequenos estragos. Quem nunca usou uma peça de roupa pela primeira vez e a manchou ou rasgou? Há por outro lado muitas pessoas que não se importariam de comprar esta peça e, por sua vez, fazer um arranjo criativo: Tornar umas calças nuns calções. Colocar uma flor ou qualquer outro adereço onde está um pequeno rasgão.

Vamos …

Read more
  • 0

Pimbolim é matraquilho e brechó é loja de roupa usada

Quem não se lembra da expressão, num famosos anúncio feito por Scollari, “Pimbolim é matraquilho”. Introduzimos aqui hoje uma nova expressão do nosso povo irmão. Brechó é loja de roupa usada!

Apesar de ser um conceito comum, muitos de vocês provavelmente desconheceriam esta expressão Brasileira.

No Brasil podemos encontrar nos brechós não só roupa e sapatos, mas também bijuteria e outras utilidades para o lar.

É comum associarmos os brechós mais a roupa feminina, por se tratar, muitas das vezes, do vestuário dominante. No entanto, por terras de Vera Cruz, encontramos inclusivamente alguns brechós especializados. Por exemplo brechós de roupa masculina, de desporto ou brechós de sapatos e mesmo de luxo.

O Roupeiro.pt é o brechó on-line em Portugal. Aqui encontra toda a variedade de vestuário.

Read more
  • 0

Destaque: Projecto fruta feia, os vegetais na moda

Bem sei que não se relaciona com vestuário ou moda, mas o projecto "Fruta Feia", pelo seu lado inovador é bem merecedor do nosso destaque. É um projecto inspirador e que na nossa perspectiva vai muito além da alimentação. Numa sociedade da super produção, do standardizado e embalado o "Fruta Feia" surge como resposta. No fundo respeita e promove a diferença, porque, afinal, o interior é que conta. E isto também se aplica na fruta e legumes. Usando as palavras dos promotores "gente bonita come fruta feia". Ou, dizemos nós, colocar os vegetais na moda! Acreditamos nesta ideia e que de alguma forma se relaciona com os principios do Roupeiro ao dar nova vida a algo que seria desaproveitado. Como surge o "Fruta Feia"? Antes de existir o projecto, a ideia começou a fervilhar na cabeça da Isabel, a fundadora, ao aperceber-se do problema do desperdício alimentar. Existem diversos documentários que falam sobre o tema do desperdicio alimentar. A certa altura, o tio da Isabel, produ…
Read more
  • 0

Destaque: Blog Rosa Chiclet

À primeira passa despercebido. Mais um blog de moda, mais dicas, mais ideias. Mas depois entranha-se. É dificíl definir, são pequenos nadas que tornam este blog de moda diferente e tão agradável de seguir. É talvez o sentido de humor, as dicas para poupar (sim, fala de descontos) ou talvez mesmo os interlúdios aos artigos de moda que mostram uma outra blogger: Pequenas pitadas de actualidade, sugestões de livros e claro, já falei nos descontos e no sentido de humor? É este lado humano, de quem vive a moda em todas as suas dimensões - pelo gosto e aspectos estéticos mas também pelo pragmatismo necessário à escolha - que tornam o blog tão especial e próximo. Começou por brincadeira, afirma a Andreia, autora do Rosa Chiclet, quase um clichê nos dias que correm, comenta. Começou na "desportiva", e como diz a sabedoria popular "quem corre por gosto não cansa". Os resultados foram aparecendo e actualmente conta com mais de 100.000 visualizações em pouco mais de um ano. Adora fotog…
Read more
  • 0

Destaque: Portugal encantado

Inauguramos uma nova secção de destaques, no blog, com o projecto "Portugal encantado". Pretendemos promover projectos, blogs ou sites que se destaquem pela criatividade, pelo empenho dos seus autores e que tragam algo de novo. Projectos que tenham uma componente artisica, promovam o "saber fazer" ou a reutilizaçào e tenham uma atitude verde. O projecto "Portugal encantado" prendeu-nos desde o primeiro momento. É certo que há muita gente a a produzir artesanato e bijouteria, mas a originalidade e a forma como o "Portugal encantado" o faz é única. Utiliza temas e padrões muito nossos, como os azulejos e os padrões na loiça e tradição texteis,  aplicando-os de forma surpreendente e original. É um prazer para a vista e para alma. Sentimos o que é nosso valorizado e consequentemte sentimo-nos valorizados pela nossa história e cultura. Apetece usar não só pela beleza e originalidade mas pelo significado e para mostrar o quão encantado é Portugal. Como começou o projecto po…
Read more
  • 0